Conforme o clima O que fazer? Próximo a Amsterdam

Um passeio pelo o norte da Holanda em Broek in Waterland

Mesmo depois dos 7 anos morando aqui, a Holanda continua me impressionando muito, por sua beleza e detalhes marcantes nos vários lugares que encontro neste país. Dessa vez nós, eu e minha esposa, fomos visitar Broek in Waterland.

Imagina visitar esse lugar quando estiver tudo branquinho com neve?

Imagina visitar esse lugar quando estiver tudo branquinho com neve?

Quer conhecer uma cidadezinha que mais parece ser de brinquedo? Então você precisa conhecer essa vilazinha que fica menos de 20 minutos de Amsterdam (com ônibus a partir da Central Estação). Broek in Waterland guarda o encanto da sua simplicidade incomparável.

As casas de madeira com cores c;assicas, impressiona nos detalhes

As casas de madeira com cores clássicas, impressiona nos detalhes

Em Broek in Waterland a maior atração é um passeio a pé pela cidade. A cidade é pequenininha e fácil de visitar todos os cantinhos.

Para curtir um friozinho no inverno ou até em outras épocas do ano, um café é sempre uma boa pedida. Dentre outras, a cafeteria que eu indico à todos é a famosa casa de panquecas (ou panekoekenhuis) chamada De Witte Swaen. As panquecas também aguçam o paladar dos holandeses e esse local tem como especialidade “panquecas típicas”, além da sua decoração que remete a autenticidade da região.

 

Já pensou morar em umas dessas casas?

Já pensou morar em umas dessas casas?

DICA CONEXÃO

Na primavera e no verão, é muito agradável fazer um passeio de barco. Eu já fiz esse passeio pelo menos umas 5 vezes e nunca me canso de ver a beleza dessa cidadezinha. O mais legal de tudo é que esses barcos na verdade são velados por nós mesmos.

O local onde aluga o barco se chama Fluisterbootvaren (www.fluisterbootvaren.nl) e os barcos tem capacidade para 5 adultos ou 4 adultos e 2 crianças. O preço para alugar por 3 horas é de EUR 50,00. Note que para alugar você terá que deixa um caução de EUR 50,00 que será recuperado quando você devolver o barco.

É um tranquilidade sem fim. Da para sentir na foto?

É um tranquilidade sem fim. Da para sentir na foto?

No local eles te darão todas as instruções de como manejar o barquinho e também um mapinha da região, indicando até onde você deve ir num passeio de 3 horas.

A dica é planejar um pic-nic, eu sempre faço isso. Então, é só preparar uma cestinha, com vinho, queijo, pães, e tudo mais que queira comer, encoste o barco em alguma vilazinha e aproveite seu pic nic. Quer experiência mais europeia do que essa? Ah quer saber, entre no barco, pegue sua taça e já começa brindando esse momento especial com seus amigos e/ou familiares, tire muitas fotos e depois nos manda alguma para postarmos aqui :o)

Fomos lá no inverno, olha só a água congelada

Fomos lá no inverno, olha só a água congelada

 

FIQUE DE OLHO

Neste verão de 2015, estou planejando voltar em Broek in Waterland novamente e em breve vou postar uns vídeos para compartilhar com vocês. Aguardem!

 

UM POUCO DA HISTÓRIA DE BROEK IN WATERLAND

Broek in Waterland é muito famosa por várias coisas. Antigamente essa vila era uma das vilas mais prósperas da região Waterland e no século 17 e 18, várias pessoas e famílias ricas viviam por lá, já que era uma vilazinha próxima a Amsterdam e, portanto oferecia boa qualidade de vida.

Essa igreja aí é um dos monumentos que você pode visitar quando estiver em Broek in Waterland

Essa igreja aí é um dos monumentos que você pode visitar quando estiver em Broek in Waterland

Uma coisa que chama atenção é o fato de várias casinhas nessa cidade serem feitas de madeira. Sim, várias casas por lá foram tombadas como patrimônio nacional, já que elas mantêm as cores e detalhes dos primórdios. Nesta época, uma visita a Broek in Waterland era sempre um “must” para pessoas importantes que vinham a Amsterdam a negócios.

Olhem o detalhe do jardim, simetria e perfeição

Olhem o detalhe do jardim, simetria e perfeição

Essa pequena cidade esconde uma curiosidade. Sabe quem passou por lá? Nada mais nada menos que Napoleão Bonaparte. Sim, ele esteve lá e se hospedou na casa do prefeito da cidade. Diz a lenda, que Napoleão Bonaparte teria queimado seu dedo quando estava abrindo uma panela na casa do prefeito no jantar.

Parece uma pintura

Parece uma pintura

Talvez esse fato não mude sua vida completamente, mas é legal de saber, e a partir de agora, quando você visitar Broek in Waterland, você poderá orgulhosamente contar para todos que você esteve na cidade onde Napoleão Bonaparte queimou o dedo. 🙂

 

Simplesmente único

Simplesmente único

COMO CHEGAR

 A partir da Central Estação você pode pegar os seguintes ônibus:

312/ 314/ 315/ 316

Para mais informações dê uma olhadinha no nosso post sobre como usar o app e site com itinerários de transporte público na Holanda.

 

CUSTO

Indo da Estação Central de Amsterdam para Broek in Waterland para quem tem o OV-Chipkaarrt é EUR 2,64.

Se você ainda não tem o seu OV ou não sabe o que é, dê uma olhada nesse post aqui.

 

VAMOS LÁ: Broek in Waterland, Noord-Holland

 

 

Envie perguntas e sugestões através do nosso email ou página de contato. Use também das redes sociais “Instagram ou Facebook” para qualquer dúvida.

1 Comment

  • Olá! Como é a melhor forma de me deslocar para cidades proximas de amsterdam: comprando a passagem no proprio onibus ou comprando o OV-Chipkaarrt? Qual vale mais a pena pelo preço?
    Parabéns pelo site! Obrigada

Leave a Comment