Amsterdam Dicas Práticas O que fazer? TOP 3+

Os 10 principais eventos na Holanda

Ao longo do ano, diversos eventos culturais movimentam a Holanda. Listamos aqui os 10 principais eventos na Holanda, para que você já possa se programar durante a sua viagem pra cá.

1. Dia do Rei (27 de Abril)

O dia do Rei (em holandês “Koningsdag”) é a maior festa de rua de Holanda e o mais importante feriado cívico do país. A festa é a comemoração do aniversário do Rei, um dia atípico, em que todo o comércio é fechado e as pessoas tomam as ruas das cidades para comemorar. É o verdadeiro carnaval holandês, com muitas pessoas fantasiadas e vestindo laranja (a cor da monarquia holandesa). Há muita música e atrações por todos os lados. As comemorações começam já na noite anterior, conhecida como “Kings Night”. Em Amsterdam, bares e boates promovem festas temáticas, que duram toda a noite. Durante o dia, propriamente dito, há tendas e palcos com shows e apresentações espalhados em vários pontos da cidade, além de festas privadas em bares, pubs e barcos. Vale a pena caminhar ao longo dos canais e pelas principais praças (Dam, Rembrandtplein, Leidseplein), para curtir as atrações. Para quem prefere algo mais sossegado, uma boa é visitar os parques, como o Vondelpark. Uma outra opção é curtir o dia do Rei nas ruelinhas e canais do bairro Jordaan. Especialmente em volta da igreja Noorderkerk há sempre um bom ambiente para curtir uma música e conversar com as pessoas. Além de atrações culturais, há feiras de produtos usados — roupas, calçados, brinquedos, produtos para a casa, livros, decoração… tudo o que imaginar! — que são vendidos a preços muito baixos, tudo para comemorar a tradição comercial holandesa. Neste dia, o transporte público tem rotas e horários diferenciados, pois várias vias do centro são fechadas apenas para pedestres. LEIA MAIS AQUI!

2. Parada das Flores e Keukenhof

Abril é o mês das flores na Holanda. O país, que é o maior produtor e exportador mundial de tulipas, comemora a primavera mostrando à população e aos turistas por que é considerado o país das flores. Da 2ª quinzena de março à 2ª quinzena de maio, é possível ver a beleza das flores produzidas na Holanda no maior jardim do mundo: o parque Keukenhof — passeio imperdível para quem visita a Holanda durante a primavera. O parque, que fica na cidade de Lisse, a 40 minutos de Amsterdam, conta com mais de 800 espécies de tulipas, que são plantadas formando belíssimos mosaicos de flores. A cada ano, o parque reabre com uma nova temática e totalmente reformulado. Uma experiência fantástica, que mesmo quem não é apaixonado por flores vai se encantar. O parque pode ser explorado a pé, com ou sem guia, ou de bicicleta, que pode ser alugada no local. Além das flores, há barraquinhas espalhadas com comidas típicas holandesas, lojinhas de souvenir, café, e um moinho, do qual é possível avistar genuínos campos de tulipas. O ingresso para o Keukenhof pode ser comprado online (através deste link) ou na bilheteria do local, sempre com longas filas. LEIA MAIS AQUI!

Além do Keukenhof, quem visita a Holanda na segunda metade do mês de abril, pode ter a oportunidade de acompanhar um desfile de carros alegóricos decorados com flores, formando lindos mosaicos e esculturas incríveis: a Parada das Flores (em holandês, “Bloemencorse”). A parada segue uma rota de 42 km, que passa por várias cidades, começando em Noordwijk e terminando em Haarlem, onde os carros ficam expostos por alguns dias.

3. Mercado do Queijo em Gouda e Alkmaar

Nem só de tulipas vive a Holanda. Queijos também fazem parte da tradição holandesa. O famoso queijo Gouda, um dos mais saborosos e conhecidos mundialmente, foi criado aqui, na cidade que originou o seu nome: Gouda. Todas as quintas-feiras, de abril a agosto, a cidade de Gouda se transforma num enorme mercado à moda antiga, em que é possível degustar e comprar queijos artesanais, diretamente das mãos dos produtores. Mas, se a visita a Gouda, por alguma razão, não puder ser incluída no seu roteiro, pertinho de Amsterdam, na cidade de Alkmaar, também é possível visitar uma feira de queijos tradicional, que acontece todas as sextas-feiras, a partir das 10h da manhã, de abril a setembro. LEIA MAIS AQUI!

4. Dia da Lembrança e Dia da Libertação (4 e 5 de Maio)

No início de maio, acontecem dois dos principais feriados holandeses: o Dia da Lembrança (Dodenherdenking), em 4 de maio, que homenageia os soldados que lutaram na 2ª Guerra Mundial, e o Dia da Libertação (Bevrijdingsdag), 5 de maio, em que é comemorada a libertação holandesa dos Nazistas. Estas datas são muito importantes, pois marcaram muito a história da Holanda. Em Amsterdam, o Dia da Lembrança é marcado pela cerimônia oficial, que acontece na Praça Dam, com a presença da família Real holandesa, figuras importantes do Estado e das Forças Armadas. A cerimônia é bastante formal e, às 20h é declarado um minuto de silêncio em todo o país. No dia seguinte, o dia da Libertação é comemorado com festa, num festival de música e dança que acontece em todas as maiores cidades da Holanda. A liberdade é um dos conceitos mais preciosos para a população holandesa, profundamente comprometida com a garantia dos direitos individuais, por isso, esta data é celebrada com orgulho pela população. Em Amsterdam, vale a pena conferir as atrações que acontecem nos parques. O Vondelpark, maior e mais central parque da cidade, é o mais procurado, pois sempre oferece programação para adultos e crianças.

5. Parada do Orgulho Gay

O início do mês de agosto é marcado pela maior comemoração do orgulho LGBTQ da Holanda: a Parada do Orgulho Gay de Amsterdam. A Holanda é um país multicultural e que preza pela valorização das liberdades individuais. Não à toa, a Parada do Orgulho Gay tornou-se um dos maiores eventos do país. A festa popular acontece com um desfile de barcos nos canais e muita festa nas ruas. Palcos com DJs e apresentações são instalados em diversos pontos da cidade e vários bares e clubes promovem festas particulares com a temática LGBTQ. O desfile dos barcos acontece na Princegracht, um dos principais canais do centro da cidade, começando sempre ao meio-dia. Vale a pena chegar cedo para pegar um bom lugar às margens do canal para assistir ao desfile. Depois do desfile, as ruas ficam tomadas com festa por todos os lados. O palco mais tradicional fica no Homomonument, um monumento histórico, no centro de Amsterdam, em homenagem à população homossexual que foi perseguida por causa da sua sexualidade e que hoje pode celebrar sua liberdade na capital holandesa. LEIA MAIS AQUI!

6. Grachtenfestival

Durante todo o verão, diversos festivais à céu aberto tomam conta das cidades holandesas. Este é o momento de ir para a rua e para os parques e aproveitar o que de melhor as cidades oferecem. Um dos principais festivais é o Grachtenfestival, (ou Festival do Canal), que acontece todos os anos, durante o mês de agosto. Neste festival, concertos e apresentações musicais (especialmente de música clássica) acontecem em diversos lugares da cidade (de casas particulares a teatros, igrejas e parques), a preços muito baixos ou gratuitos. A maior das atrações é o concerto Prinsegracht, que é realizado em um dos principais canais de Amsterdam (o Prinsegracht), e conta sempre com grandes nomes da música clássica. Um evento emocionante e imperdível para quem estiver na cidade neste período.

7. Maratona de Amsterdam

A maior corrida de rua da Holanda acontece todos os anos no mês de outubro. O percurso completo tem pouco mais de 42km e é feito por corredores profissionais e amadores, gente de todas as idades e vários lugares do mundo. No dia da maratona, as rotas de carro e transporte público são alteradas para abrir o caminho aos corredores. O grande diferencial desta maratona é a sua animação. Não é só uma corrida, é uma festa. Ao longo do percurso, que passa por diversos pontos turísticos da cidade, seguindo o curso do Rio Amstel, passando pelo Vondelpark e terminando no Estádio Olímpico, há bandas de música e muita gente animada dando apoio aos corredores, o que torna o evento uma experiência alegre e agradável não apenas para os amantes da corrida. LEIA MAIS AQUI!

8. Noite dos Museus

Para quem é apaixonado por arte e museus, um ótimo período para visitar a Holanda é o início de novembro, quando, todos os anos, acontece a Noite dos Museus: uma noite especial em que os principais museus abrem as portas para o público durante a noite, oferendo atrações diferenciadas, como apresentações musicais, drinks e visitas guiadas. Uma dica para aproveitar melhor a noite especial é evitar os grandes museus, como o Rijkmuseum, que ficam muito cheios e com longas filas. Na noite dos Museus, um único ingresso é válido para todos os museus, que funcionam das 19h às 2h. Então, o segredo é aproveitar para conhecer museus menores, como o Heritage Amsterdam Museum e o Troppenmuseum, ou traçar um roteiro para visitar vários dos pequenos museus da cidade e aproveitar as atrações oferecidas por eles pagando apenas uma entrada.

9. Sinterklaas

O Sinterklaas, ou São Nicolau, é considerado o Papai Noel holandês. A sua chegada à Amsterdam é marcada por muita festa entre as crianças e também muita polêmica. Segundo a tradição, é em meados de novembro que o Sinterklaas chega, de barco, à Holanda, vindo da Espanha, trazendo doces e poemas para as crianças. O fim da festa é no dia 5 de dezembro, quando as famílias trocam presentes. A parte polêmica da tradição fica por conta do personagem Zwart Piet (em Português, “Pedro Preto”), o ajudante atrapalhado do Sinterklaas, que sempre gera discussões e protestos contra o racismo. Polêmicas à parte, a chegada do Sintaklaas, em Rotterdam, e sua passagem de cavalo pelas cidades holandesas é um evento único e imperdível para quem está na Holanda em meados de novembro.

10. Amsterdam Night Festival

Nos últimos anos, entre dezembro e janeiro, Amsterdam tem sido palco de um show de luzes por toda a cidade: o Amsterdam Light Festival. O festival de luzes surgiu em 2011, com a intenção de iluminar as longas noites de inverno, trazendo um brilho especial para a cidade. A atração conta com diversas esculturas de luz e projeções, feitas por artistas de todo o mundo, espalhadas pelo cinturão de canais. O circuito principal é feito de barco e passa por todas as obras expostas, mas também há um circuito alternativo que pode ser feito a pé. Todas as atrações são expostas em lugares públicos e, apesar do frio neste período, vale a pena caminhar para explorar a cidade e suas luzes. O passeio de barco, entretanto, oferece uma experiência mais confortável, pois os barcos são fechados e aquecidos, além de terem áudio-guia em diversos idiomas, incluindo português. COMPRE OS INGRESSOS AQUI!

MAIS CONEXÃO AMSTERDAM

Vale a pena lembrar que além de dicas, serviços personalizados como ensaios fotográficos em Amsterdam e roteiros personalizados para Amsterdam, nós também preparamos para você o Guia de Túristico de Amsterdam. O Guia do Conexão Amsterdam conta com várias dicas práticas e dicas da cidade selecionadas por quem realmente conhece Amsterdam, para você. O Guia já foi vendido para mais de 500 leitores como você e o preço é apenas 7,99 euros! Todos os detalhes sobre o guia e uma amostra grátis podem ser encontrados AQUI!

Leave a Comment

Close