Dicas Práticas

Dicas de trem na Europa: viagens a partir de Amsterdam

Escrito por Hugo Pereira

Muito provavelmente você já ouviu falar na possibilidade de fazer viagens de trem dentro da Europa. Deve ter ouvido falar também que, os preços em determinados trechos compensam mais do que andar de avião. Sim, tudo isto é verdade. Nós já estamos bem acostumados a fazer viagens de trem por aqui, por isso, reunimos neste post muitas dicas de trem na Europa para você que, quer saber como viajar de trem a partir de Amsterdam.

Como comprar uma passagem de trem internacional?

Não existe mistério. Assim como em viagens de avião, você também precisa comprar um bilhete para poder efetuar esta viagem. Saindo de Amsterdam, você sempre vai usar o site da NS Internacional. É neste site que você vai colocar o seu local de destino e vai efetuar a compra da sua passagem. Basta preencher os campos solicitados e pronto, o site vai te mostrar o trecho realizado, o tempo de viagem e a plataforma de embarque. Você paga com seu cartão de crédito e pronto. Não é preciso imprimir um bilhete, caso você seja adepto de bilhetes digitais, basta apresentar o seu telefone com o código gerado. Mas caso você seja uma pessoa que prefere ter os bilhetes impressos, sem problemas. Não existe uma obrigatoriedade quanto a isto.

Você também pode optar em compar sua passagem presencialmente. Neste caso, como você vai estar em Amsterdam, vai direto à Estação Central e se direciona aos guichês de venda de passagens internacionais que ficam do lado esquerdo da Estação (a partir da entrada).

Preciso comprar a passagem antecipadamente?

Se você é aquele tipo de pessoa que acompanha o nosso conteúdo, já sabe que nós sempre recomendamos que você faça tudo com muita antecedência. Se você ainda não conferiu o nosso conteúdo sobre compra de ingressos antecipados, vale a pena clicar aqui. Nesse caso, não é pelo risco de não haver mais passagens a venda na hora, isso é raro, mas pelo simples fato de você ter a possibilidade de ganhar algum desconto. Em geral, se você programa a compra da sua passagem com  mais ou menos 3 meses de antecedência, pode reduzir em até 50% o valor da sua passagem. Saindo de Amsterdam e indo para Paris, por exemplo, você pode comprar passagens por 35€, claro, se fizer isso antecipadamente.

E como eu uso a passagem?

Essa é uma das perguntas que mais recebemos. Como você vai sair da Estação Central de Amsterdam, local chave para partidas e chegadas de trens por aqui, você vai utilizar a sua passagem nos totens automáticos que estão espalhados pela Central. Assim que você chegar na Estação, vai verificar a plataforma de embarque do seu trem. Você confere isso nos vários monitores espalhados pelos saguões da estação. Assim que você encontrar a plataforma que seu trem irá partir, você vai se direcionar até a entrada indicada pelas placas. Sempre antes de entrar, você vai se deparar com os totens de validação de passagens que permitem o acesso para todas as pessoas que tenham passes validos. É neste momento que você vai pegar a sua passagem impressa ou o seu telefone e encostar o código da passagem do monitor do totem. Logo em seguida, as portas abrem e você pode passar.

Depois disso, você se direciona para a plataforma de partida. É importante sempre ficar atento aos monitores informativos, pois qualquer atraso é informado diretamente por estes monitores. Os atrasos costumam acontecer quando existem tempestades de neve ou ventos muito fortes, sem esses motivos naturais é bem provável que seu trem sempre parta no horário correto.

Para quais lugares eu posso ir a partir de Amsterdam?

Lembram que mencionamos no inicio do texto que, algumas distâncias valem a pena? É exatamente aqui que você precisa fazer uma boa pesquisa. Os trechos mais buscados e efetuados a partir de Amsterdam são para estes destinos:

  • Amsterdam – Paris: a empresa responsável é a Thalys e o tempo de translado costuma ser de 3h50min. Se você vai viajar com crianças, é importante saber que, a partir de março de 2019, Amsterdam conta com saidas de trem diretamente para o parque da Disney em Paris. Confira aqui o itinerário e compra de bilhetes.
  • Amsterdam – Bruges: O tempo de translado pode durar até 3h37min dependendo do horário escolhido. Normalmente existem trocas de trem que serão feitas em Gent e na Antuérpia.
  • Amsterdam – Antuérpia: O tempo de translado pode levar até 3h, tudo depende do horário que você escolher e do dia.
  • Amsterdam – Colônia: O tempo de translado pode levar de 2h37min até 4h, tudo depende do horário que você escolher e do dia.
  • Amsterdam – Londres: O translado pode levar entre 5h e 7h, tudo depende do horário que você escolher e do dia. Normalmente com os trens Eurostar, os quais você também vai conseguir reservar através do site da NS International há no minímo um troca, em Bruxelas.
  • Amsterdam – Bruxelas: O translado pode levar até 3h, tudo depende do horário que você escolher e da data.

É claro que você pode ir para outros destinos, mas nem sempre o valor da passagem do trem vai ser compensadora. Até porque, existem trechos em que você não faz a viagem direto, você precisa trocar de trem e plataformas em algumas cidades e, acredite, isso pode ser tão importuno como as conexões em voos. Distâncias maiores que 600Km, por exemplo, não são recomendadas.

Amsterdam é uma cidade muito bem conectada com outros países. Por isso, não é complicado viajar para outros destinos a partir daqui. Nos casos em que a passagem de trem começa a não compensar, pelo valor e pelo tempo de viagem, você pode optar por voos em companhias Low Cost, que são aquelas empresas que vendem passagens baratas e estipulam somente a mala de mão como bagagem livre.

E, por falar em bagagem… Viajando de trem você não tem limite de bagagem.

Exatamente. Você não precisa ficar controlando o peso da sua mala ou a quantidade de malas. Mas é importante você saber que, quanto menos bagagem levar mais fácil vai ser o trânsito dentro das estações e no próprio trem. Opta por fazer viagem de trem com bagagem grande, quem vai ficar viajando mais tempo pela Europa. Nesse caso, viajar em companhias Low Cost (avião) não vale a pena pois o limite de bagagem é muito restrito. Mas não ter limite de bagagem não pode ser um motivo para você carregar uma quantidade de malas que atrapalhe na hora de embarcar e desembarcar.

Como não existe a possibilidade de despachar malas, é você quem vai organizá-las no vagão próximo ao seu assento. Normalmente, existem compartimentos superiores (ficam literalmente em cima da sua cabeça) onde você coloca suas malas e, há espaço entre uma poltrona e outra. Mas se você viajar em família, por exemplo, e cada um de vocês resolver levar uma mala grande, a viagem pode se tornar bem desconfortável, justamente por ficar complicado acondicionar as malas nesses espaços. Os corredores dos vagões não costumam ser muito largos.

Cada trem é composto por vários vagões, normalmente eles são identificados por números “vagão 1, 2, 3 …” e cada vagão possui uma quantidade X de lugares. Esses vagões também se dividem em duas classes, assim como nos voos, 1ª e 2ª classe. Na primeira classe, viajam os passageiros que querem uma comodidade extra como, cabines privadas e um pouco mais de espaço, por exemplo. Mas na maioria das vezes, o conforto de viajar na 1ª classe é muito semelhante como viajar na 2ª classe. Obviamente, o valor da passagem vai ser mais caro viajando de 1ª classe.

Todos os vagões possuem banheiros, tomadas e dependendo da empresa que leva você para o seu destino, você tem até um serviço de bordo. Para aquelas pessoas que gostam de viajar em silêncio, existem os lugares específicos onde você pode encontrá-lo, são os chamados vagões de silêncio. Por aqui o recomendado é fazer silêncio mesmo.

Viajar de trem é igual a viajar de avião, eu preciso chegar muito tempo antes?

Tudo vai depender da quantidade de malas que você tiver. É claro que, viajar de trem possibilita um imediatismo mais eficaz, você não precisa estar na estação com 2 horas de antecedência, pois não há check-in e você não precisa despachar a sua bagagem, ela vai junto com você dentro do vagão.

Por isso, nós sempre recomendamos que você esteja lá com um máximo de 50 minutos de antecedência. Essa margem de horário vai lhe permitir chegar com calma, verificar a plataforma de embarque e aguardar sem maiores problemas. Você ainda tem a possibilidade de comer algo dentro da Estação ou mesmo ir ao supermercado. Lembre-se de que o trem vai sempre sair na hora marcada, em geral eles ficam parados nas plataformas cerca de 20 minutos.

Qual o procedimento que eu devo fazer caso perca meu trem?

Independente do motivo do seu atraso, se você não conseguir embarcar no horário do trem que havia reservado, basta se dirigir até o guichê do escritório da empresa responsável pela emissão do seu bilhete. Na Estação Central de Amsterdam, eles ficam do lado esquerdo do prédio (sempre levando como referência a porta de entrada da estação). Basta dizer que você não conseguiu embarcar no horário que comprou o bilhete e eles imediatamente vão tentar realocá-lo no próximo trem. Esse procedimento não costuma ter custo adicional.

E se depois de todas essas dicas você ainda estiver em dúvidas se viaja ou não de trem, o que nós podemos te dizer é: a paisagem é linda e você conhece um outro formato de viagem, mais tranquila, muito confortável e segura.

MAIS CONEXÃO AMSTERDAM

Vale a pena lembrar que além de dicas, serviços personalizados como ensaios fotográficos em Amsterdam e roteiros personalizados para Amsterdam, nós também preparamos para você o Guia de Túristico de Amsterdam. O Guia do Conexão Amsterdam conta com várias dicas práticas e dicas da cidade selecionadas por quem realmente conhece Amsterdam, para você. O Guia já foi vendido para mais de 500 leitores como você e o preço é apenas 7,99 euros! Todos os detalhes sobre o guia e uma amostra grátis podem ser encontrados AQUI!

2 Comments

Leave a Comment