Dicas Práticas

Parabéns para a nossa holandesa: 100 anos de KLM

Escrito por Hugo Pereira

2019 chegou e os 100 anos da KLM também. Não poderíamos deixar de falar da nossa companhia aérea mais querida e parceira. 100 anos de história foram construídos e, hoje, nós podemos usufruir de muitos benefícios e de toda a tecnologia que foi pensada e buscada ao longo desse tempo todo de trabalho da Royal Dutch Airlines – KLM. Se você ainda não conhece todos os benefícios de voar com esta empresa maravilhosa, nós contamos em um artigo como é voar de Classe Executiva pela KLM do Brasil para a Holanda. Conectar pessoas e alcançar destinos é um dos objetivos da nossa holandesa centenária.

100 anos de inovações!

Em 1919, a KLM Royal Dutch Airlines foi fundada e é, portanto, a companhia aérea mais antiga do mundo ainda operando com seu nome original. De 1919 até 1938, muitas situações importantes aconteceram para a companhia. Desde a fundação da KLM, o primeiro voo, até a introdução da primeira equipe de tripulação à bordo. Daí em diante muitas idas e vindas aconteceram e a holandesa voadora cortou o céu para conectar pessoas e histórias. Mas com o início da Segunda Guerra Mundial, em 1940, a maioria das operações da KLM parou. Foi um período sombrio que, felizmente, terminou 1945 com a libertação dos Países Baixos pelas tropas aliadas. Em setembro de 1945, após o final da Segunda Guerra Mundial, a KLM retoma suas operações, inicialmente apenas em rotas domésticas, mas no final do mesmo ano acontece a adição de vários destinos europeus. Foi no dia 28 de novembro do mesmo ano que a rota para a Indonésia foi também reaberta. No ano seguinte, 1946 a KLM obteve mais uma conquista e cortou um pouco mais os céus da aviação conectando Amsterdam à Nova York. Afinal, as duas cidades tem muito mais em comum do que podemos imaginar. Nova York fora comprada dos índios pelos holandeses e, chamava-se New Amsterdam. Mas essa, é outra história…

A introdução da classe econômica pela KLM ganha uma significativa importância, embora fosse um pouco mais básica que a classe turística, a KLM sempre fez todos os esforços para manter o nível de serviço o mais alto possível. A nova classe econômica inserida na época, torna as viagens aéreas mais acessíveis e o número de passageiros aumenta 27% em três meses. Aliás, nós temos um artigo contando um pouco como é viajar na Economy Confort da KLM.

O nosso querido e velho conhecido Aeroporto Schipol  se torna a nova base de usuários em 1967. Com o conselho do ex-chefe da estação, Jan Dellaert, Schiphol foi desenvolvido para que as aeronaves pudessem pousar sob ventos fortes de todas as direções. Não é à toa que até hoje recebe grandes aeronves e é um dos principais hubs da aviação no mundo. E foi no ano de 1975 que a o primeiro Boeing 747-306B Combi da KLM se juntou à frota, este é o único avião que transporta passageiros e carga. As possibilidades que essa aeronave traz aumentam a flexibilidade da KLM e fortalecem sua posição no mercado.

Quando se fala em fidelidade e qualidade, a KLM é destaque. Fruto de muita história e, claro, muita dedicação com seus clientes. Na Europa continental, no ano de 1991, a KLM é a primeira companhia aérea a introduzir um programa de fidelidade para os clientes, ‘Flying Dutchman’. Este programa foi renomeado como ‘Flying Blue’ em 2005 e se destaca até hoje. É claro que, o conforto durante o voo não fica de fora de todas essas conquistas, No ano de 1994, as companhias aéreas da KLM e Northwest apresentam a ‘World Business Class’ uma nova classe destinada ao viajante de negócios em voos intercontinentais. O WBC oferece um nível de conforto entre o da classe econômica e a classe real. Rotas especiais também são um presente para os clientes da KLM. O primeiro voo da KLM para Pequim foi realizado no ano de 1996. Foi o primeiro passo para um número crescente de destinos na China e uma colaboração crescente com as companhias aéreas chinesas. A partir deste momento, a China se torna um dos destinos mais importantes para a KLM.

De 2004 até 2019 muitas outras conquistas se destacaram, uma delas foi a Fundação da AIR FRANCE-KLM. No dia 5 de maio de 2004, a fusão das duas companhias aéreas se torna oficial. Sete meses antes, em setembro de 2004, as companhias aéreas decidiram combinar seus pontos fortes. Mas, a KLM também abriu espaço para a aposentadoria, no ano de 2005 a Airbus entregou o primeiro A330 da KLM. Esta aeronave substitui o B767, que está sendo retirado da frota lentamente. O ano de 2011 também foi muito marcante para a companhia. O primeiro voo da BioFuel para Paris foi realizado em 2007. Juntamente com vários parceiros, a KLM começa a procurar alternativas para combustíveis fósseis. Uma série de alternativas são investigadas, incluindo o BioFuel produzido a partir de algas, cameline (uma planta), óleo de jathropa (uma noz) e, finalmente, gordura de fritura usada. Uma das condições do uso desse combustível é que ele não afetará negativamente a cadeia alimentar ou terá efeitos adversos no meio ambiente.

É por toda sua história que a nossa holandesa preferida é definitivamente uma das companhias que mais conquista destinos e pessoas priorizando sempre histórias de vida. Ao longo de todos esses anos, muitos abraços, sorrisos e muita história foi gentilmente conectada através da KLM.

Gefeliciteerd! Mooie leeftijd!

Leave a Comment