Amsterdam O que fazer?

20 coisas para fazer de graça em Amsterdam

Escrito por Hugo Pereira

Amsterdam é uma cidade com muitas atrações em todas as épocas do ano. Dependendo do seu perfil, você encontra desde festivais de música até os clássicos museus. Você pode encontrar atividades que acontecem anualmente, mensalmente ou as atividades que estão sempre por aqui, como os passeios de barco.
Mas é claro que, além das atrações pagas, você também pode encontrar uma série de atividades/lugares gratuitos. Reúnimos aqui 20 atividades gratuitas para fazer em Amsterdam.

1 –  Os jardins do Rijksmuseum

Visitar o clássico e imponente Rijksmuseum nem sempre está nos planos de quem viaja para Amsterdam. Seja pelo curto espaço de tempo em solo holandês, ou mesmo pelo custo da entrada em um museu. Mas o que você precisa saber é que, o Rijksmuseum foi projetado para ser uma obra de arte ao ar livre, ou seja, todo o prédio e seus arredores podem ser apreciados e de forma gratuita. É aqui que estão os famosos jardins do museu. O prédio tem 4 jardins, dois em cada fachada que ficam localizados nas laterais da edificação. Os jardins foram projetados para receber obras artísticas, fontes, tulipas, espaço para dscansar e para as crianças brincarem, incluindo também pilares góticos e portões da cidade do século XVII.

2- Hollandsche Schouwburg, o memorial às vítimas de 2ª Guerra Mundial

O Hollandsche Schouwburg é um antigo teatro no bairro judeu de Amsterdam. Em 1942, os alemães usaram o prédio como um centro de deportação para os judeus. Agora, o teatro é um memorial. Os nomes de 6.700 judeus que foram deportados e assassinados e que não têm sepultura estão listados na parede. Eles simbolizam todas as 104.000 vítimas judias na Holanda. Há também uma exposição sobre o holocausto por aqui. O local fica aberto todos os dias da semana das 11h às 17h.

3 – Música clássica na hora do almoço

Listamos 3 opções para assistir um concerto de música clássica gratuitamente. No Dutch National Opera & Ballets você pode assistir a um concerto na hora do almoço gratuitamente todas as terças-feiras das 12h30 às 13h. Você irá prestigiar uma apresentação gratuita da Orquestra Filarmônica Holandesa, do coral da ópera holandesa ou do Opera Studio Netherlands. O prédio da Ópera Nacional fica na Waterlooplein, no mesmo local onde fica o prédio da Prefeitura de Amsterdam. Outra possibilidade é assistir à um concerto no Concertgebouw na Museumplein. O local oferece gratuitamente um  Lunch Concert toda quinta-feira, os concertos começam às 12h30 e variam desde os ensaios públicos da Royal Concert Building Orchestra, considerada uma das melhores orquestras do mundo, apresentações de grupos do Conservatório Holandês e da música de câmara de jovens talentos. Agora, se você estiver próxima a Estação Central de Amsterdam,  o Muziekgebouw aan ‘t IJ, ao longo do IJ, também oferece concertos gratuitos para o almoço. Geralmente são jovens músicos e estudantes do Conservatório de Amsterdam que tocam. Verifique o calendário para programação.

4 – Concerto de Jazz

Se você estiver no prédio do Muziekgebouw aan ‘t IJ, vá para Bimhuis.  Por lá você irá desfrutar toda terça-feira à noite, às 20h, de uma oficina gratuita de jazz onde todos os instrumentos, incluindo os vocais, são bem-vindos. Já às 22h, há uma sessão de jazz com um jovem e aclamado talento internacional no café. Workshop e sessões de jazz são de livre acesso para músicos e público em geral.

5 – Pegue a balsa para NDSM

Atrás da Estação Central fica o rio IJ. Se você pegar um balsa gratuita, irá chegar até o bairro chamado Amsterdam Noord. Pegando a balsa para NDSM, você chegará em uma grande área que está sendo cada vez mais explorada. Por lá surgiu uma cultura underground surpreendente. Este é o lugar do antigo estaleiro  NDSM onde dois enormes galpões oferecem estúdios e espaços de trabalho acessíveis para artistas e artesãos individuais. No site você pode conferir festivais, festas e exposições. É aqui nessa região que ficam alguns dos mais descolados lugares para comer, vale a pena conferir o ​​IJ-Kantine, the Pancakes Boat, Café Noorderlicht e Pllek. Também é por aqui que fica o famoso mural grafiado pelo artista brasileiro Eduardo Kobra.

Você já conhece as 10 atrações turisticas mais populares em Amsterdam em 2018?

6 – Esteja no Vondelpark

É inegável que o famoso e maior parque da cidade, o Vondelpark, pode oferecer para você durante o verão. Além de poder caminhar livremente pelo parque, você pode sentar na grama e desfrutar da atmosfera agradável e super viva da cidade. É aqui que piqueniques, churrascos e confraternizações entre famílias e amigos acontece. Além da clássica e gratuita programação que o parque já oferece, todo o fim de semana, o charmoso Vondelpark Openluchttheater, teatro ao ar livre, tem um extenso programa para crianças e adultos com música, dança, performances e comédia.

7 – Caminhe através da galeria histórica Schuttersgalerij

Escondida bem no centro de Amsterdam está uma pequena galeria que exibe quinze enormes pinturas do século XVII. As pinturas são retratos da guarda voluntária da cidade daquele período. A chamada Civic Guards Gallery (Schuttersgalerij) faz parte do museu de história de Amsterdam. A Civic Guards Gallery exibe também retratos modernos de heróis holandeses contemporâneos: jogadores de futebol, pugilistas e cidadãos normais. A galeria de arte histórica é livre para passear, está localizada no pátio interno do Museu de Amsterdam e próxima do pátio Begijnhof, entre Kalverstraat e Begijnhof. A entrada é pela Kalverstraat 92.

8 – Visite o Begijnhof

Um lugar especial e muito popular entre os turistas é o Begijnhof, um refúgio de paz de tranquilidade no movimentado centro da cidade. Datado do século XIV, o Begijnhof é composto por vários edifícios históricos e a Igreja Reformada Inglesa. Por aqui, mulheres religiosas viviam para servir a Deus, cuidando dos fracos e idosos. Diferente das freiras, no entanto, as mulheres não se retiraram do mundo. Eles podiam se casar e deixar de servir quando quisessem. A entrada do Begijnhof fica na praça Spui e quando você entra, você vê a mais antiga casa de madeira de Amsterdam.

9 – Uma visita a uma fábrica de diamantes

Na empresa de diamantes, Gassan Diamonds, você pode assistir a lapidadores de diamantes transformando diamantes brutos em pedras polidas. A empresa está localizada em uma antiga fábrica de diamantes movidos a vapor que foi comprada por uma família judia. Saiba mais sobre a história do corte de diamantes em Amsterdam fazendo uma visita guiada, tudo gratuitamente. A Gassan Diamonds fica próxima a Waterlooplein.

10 – Visite o De Bazel

O De Bazel é um impressionante edifício criado no estilo Amsterdam School do início do século XX. A famosa arquitetura da época não deixa que o prédio passa despercebido. O edifício contém arquivos da cidade e, claro, a entrada é gratuita. O interior do prédio é incrível e você pode entrar na impressionante sala do tesouro para ver centenas de artefatos e entrar no cinema para assistir a filmes históricos sobre Amsterdam. O prédio está fechado apenas na segunda-feira.

O verão é uma estação cheia de atividades na cidade, nós já listamos por aqui 10 coisas para fazer no verão em Amsterdam.

11 – As 7 casas de 7 países

Uma rua notável, onde a arquitetura está em destaque, essa é a Roemer Visscherstraat, também conhecida como Zevenlandenhuizen. Alinhadas lado a lado estão sete casas, cada uma representando o estilo arquitetônico de um país europeu:

  • nº 20 Alemanha, romântica;
  • nº 22 França, estilo castelo do Loire;
  • nº 24 Espanha, uma villa influenciada pelos mouros / Granada;
  • nº 26 um palácio italiano;
  • nº 28 Rússia, uma catedral com uma cúpula em forma de cebola;
  • nº 30, uma casa holandesa em estilo renascentista;
  • nº. 30 Um chalé de estilo inglês.

Todas as casas foram projetadas pelo arquiteto holandês Tjeerd Kuipers em 1894. A Roemer Visscherstraat está localizada perto da entrada do Vondelpark e certamente vale uma visita!

12 – Andar pelos canais e pontes da cidade

Pode parecer clichê, mas sem dúvidas nós temos a maior atração da cidade a céu aberto. O conjunto de canais da cidade foi denominado como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Com certeza você terá a sensação de estar perdido ou de já ter passado por aquele lugar antes. Os canais mais importantes de Amesterdam são: Singel, Herengracht, Keizersgracht e Prinsengracht. Cada um deles conta uma pouco mais da história da cidade através de seus prédios. É andando pelo conjunto de canais da cidade que você vai conhecer as encantadoras 9 ruas, uma área popular muito charmosa para fazer compras. Se você gosta mesmo de conhecer mais de uma cidade andando, o canal Brouwersgracht abriga os armazéns mais impressionantes do século XVII de Amsterdam e vale a pena um passeio por lá. Já a Mageere Brug, tem um charme muito especial e durante a noite encanta qualquer um que passe por ali com suas mais de 1800 luzinhas.

13 – Visite o Bloemenmarkt

O mercado de flores (bloemenmarkt) está cheio de história para contar, localizado bem no centro da cidade as plataformas flutuantes hospedam diversas bancas de flores, remetendo aos tempos em que as flores e os bulbos eram entregues de barco. É aqui que você encontra uma grande variedade de souvenirs e, claro, flores. Por aqui também está a Munttoren, antiga torre que ficava conectada a uma das antigas entradas da cidade medieval.

14 – Conheça a Biblioteca Pública de Amsterdam – OBA

Biblioteca Pública de Amsterdam é um edifício imponente e espaçoso, com uma excelente vista da cidade. Você pode ficar observando o cotidiano da cidade, relaxado em uma confortável cadeira e no meio do silêncio, pode ler revistas e livros de todas as partes do mundo, usar os computadores ou desfrutar de um café, no café da biblioteca ou de uma refeição no restaurante no último andar. As crianças vão gostar de brincar no andar térreo na seção infantil. A Biblioteca Pública de Amsterdam está localizada em Oosterdok, a 10 minutos a pé da Estação Central. A entrada é livre para todos.

15 – Vá até o museu do NEMO e visite o terraço

O museu do Nemo pode até ser pago, maso terraço que ele oferece é uma das atrações mais simples e agradáveis para se visitar. O terraço está aberto ao público geral e oferece uma cafeteria muito charmosa. Além da possibilidade de ficar sentado no terraço apreciando a vista maravilhosa que a ótima localização do museu oferece. Que tal assistir ao pôr do sol por aqui durante o verão? Nós garantimos que você vai gostar muito, mas não deixe para chegar muito tarde pois o lugar é realmente bem disputado em dias lindos de sol.

16 – Conheça o museu do queijo

O  Cheese Museum é basicamente uma loja de queijos para turistas. Você pode experimentar muitos queijos gratuitamente por aqui, além de poder comprar o queijo, claro. Os pequenos queijos redondos têm um tamanho prático, fácil de transportar, mas não tão ricos em sabor como os verdadeiros queijos redondos grandes. No porão há um pequeno museu sobre o queijo holandês e o famoso queijo Gouda e como é feito. Se você está caminhando pelo Jordaan, vale a pena dar uma conferida por aqui.

17 – Saiba tudo sobre a Cannabis

Leave a Comment